Terça, 14 de Julho de 2020
92 99494-2851
Saúde Saúde

Governo de Roraima anuncia transferência de pacientes com coronavírus para o Amazonas devido à falta de leitos no estado

Único para pacientes com a Covid-19, Hospital Geral de Roraima tem 55 pacientes a mais que o número de leitos disponíveis.

14/06/2020 19h37
Por: Redação1 Fonte: G1
Foto: Sesau/Divulgação
Foto: Sesau/Divulgação

O governado de Roraima anunciou neste domingo (14) que pacientes de Roraima infectados pelo coronavírus serão transferidos para o Amazonas. A medida ocorre em meio ao colapso na saúde pública do estado, com o Hospital Geral de Roraima (HGR) acima da capacidade e pacientes à espera de vagas.

A Secretaria de Comunicação do governo informou à Rede Amazônica que entre 20 a 27 pacientes com a Covid-19 internados em UTIs do HGR devem ser transferidos para o Amazonas. O governo amazonense, no entanto, informou em nota que "a quantidade de leitos ainda está em definição".

A transferência desses pacientes deve ser feita em UTI aérea, com transporte do Exército, de acordo com o governo de Roraima. Manaus fica distante cerca 781 Km de Boa Vista. O tempo de viagem entre as duas cidades é de 1h15 de avião e 10 horas de carro.

O HGR tinha 193 pacientes com coronavírus internados até esse sábado (13) - 55 a mais do total de 138 leitos disponíveis para atender pessoas infectadas. O governo não divulga a situação atual da ocupação de UTIs na unidade.

O envio de doentes para o Amazonas é uma alternativa para desafogar o HGR enquanto o Hospital de Campanha, feito exclusivamente para o tratamento de Covid-19, não funciona.

Construído pela Operação Acolhida, o Hospital de Campanha atrasou a inauguração por falta de profissionais que deveriam ser cedidos pelo governo, e de insumos e materiais. A unidade teve quatro previsões de funcionamento fracassadas e uma quinta data foi divulgada pelo governo: deve abrir nesta quarta (17).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio