Terça, 07 de Julho de 2020
92 99494-2851
Entretenimento Entretenimento

Thaila Ayala é criticada após lançar marca de roupas chamada de "Vírus 2020"

Depois da repercussão negativa, atriz mudou o nome da empresa e desativou os comentários do perfil nas redes sociais.

09/06/2020 20h35
Por: Redação1 Fonte: RBS
Thaila Ayala é criticada após lançar marca de roupas chamada de

A atriz e modelo Thaila Ayala se envolveu em uma polêmica nas redes sociais. Neste domingo (7), ela anunciou em seu perfil no Instagram o lançamento de uma marca de roupas. O que chamou a atenção dos seguidores, entretanto, foi o nome dado à empresa: "Vi.rus.2020".

"Era só um papo de quarentena e aqui estamos nós na terceira semana de produção. Em  meio a esse caos, nasceu a @vir.us.2020 com o intuito de trazer conforto e um pouco de alegria para vocês", escreveu ela na legenda da publicação, ilustrada por uma foto com o marido, Renato Goés, e as amigas Juliana Xavier e Letícia de Sá.

No perfil da marca, lia-se uma pequena descrição sobre a nomenclatura:

"Um vírus fez estremecer o planeta, fechar fronteiras, monitorar governos, segregar pessoas, amedrontar consciências e trancar portas. Imagina quando for o vírus do amor, da empatia e da união entre todos os seres? A Virus 2020 convida vocês para viralizar o melhor da vida e  construir um novo mundo mais colorido".

No entanto, muitas pessoas entenderam a escolha do nome como sendo de mau gosto em função da seriedade do tema - a pandemia de coronavírus contabiliza mais de 36 mil vítimas no país até o momento. O assunto ganhou as redes sociais nesta segunda-feira (8) e, após a repercussão negativa, a atriz trocou o nome da grife. Ela também apagou a legenda do post de lançamento.

Agora, a linha de roupas foi intitulada de "Amar.Ca". O perfil da empresa no Instagram editou legendas e está com a seção de comentários desativada.

"Somos uma marca nova e atenta, comprometida a escutar, trocar experiências, ser criativa e diversa. Queremos cada vez mais ter um canal aberto com vocês, adoramos ouvir e por isso nos inspiramos a mudar nosso nome. Agora somos a AMAR.CA", diz a última postagem.

Mesmo assim, as críticas dominaram o Twitter. Na rede social, o nome da atriz está entre os assuntos mais comentados do dia.

Em resposta às críticas, a atriz fez uma publicação em seu perfil pessoal do Instagram na tarde desta segunda-feira (8) pedindo desculpa pelo ocorrido e reforçando que está aberta ao diálogo:

"Estou acompanhando toda repercussão sobre o lançamento de AMAR.CA - já mudamos o nome. E quero pedir desculpa a todos vocês que apontaram as incongruências. Nunca quis romantizar a pandemia. Esse assunto nunca deve ser romantizado. Eu entrei como sócia de duas amigas que foram atingidas pela pandemia e, por causa dela, estavam com suas produções paradas. Pensamos em criar algo que gerasse renda neste momento, que fosse uma maneira de ajudar. Entendo que a escolha do nome não foi feliz e não hesitamos em mudar. Jamais quis ser insensível a quem está de luto neste momento delicado. Estamos abertos ao diálogo. Já tinha sido pedido que os comentários não fossem apagados nem silenciados nos posts, se algo assim voltar a acontecer, nos cobrem! Vamos sempre reforçar o compromisso com vocês, ouvir e melhorar", esclareceu.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio