Terça, 07 de Julho de 2020
92 99494-2851
Amazonas Amazonas

Número de óbitos por Covid-19 no Amazonas reduziu até 48%

Fundação também aponta queda de 38% em internações em maio.

06/06/2020 19h58
Por: Redação1
Número de óbitos por Covid-19 no Amazonas reduziu até 48%

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) informou que o Amazonas diagnosticou, neste sábado (06/06), mais 1.119 casos do novo coronavírus (Covid-19). Com isso, o estado totaliza 48.785 casos confirmados. A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, apresentou alguns indicadores que devem ser considerados na análise do cenário atual da doença no estado.

Rosemary reforçou que o aumento do número de casos confirmados no estado tem relação com a ampliação da rede de diagnóstico da Covid-19 na rede de atenção básica em Manaus e no interior do Amazonas, pois os municípios receberam teste rápido da Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e muitas prefeituras também adquiram.

Com o aumento de testes, casos sintomáticos estão sendo rapidamente diagnosticados e isolados. “É importante esclarecer que a transmissão nesses pacientes ocorreram há mais de oito dias, sendo possível o diagnóstico com teste rápido”, pontuou.

Um indicador positivo avaliado por Rosemary é em relação a óbitos, que apresentou redução de 48% no Amazonas nas últimas duas semanas de maio, comparando o período 17 a 23 ao de 24 a 30 de maio. “Saiu de 205 para 107 óbitos confirmados para Covid-19”, informou.

Essa redução também foi observada em Manaus, acrescentou a diretora. “No mesmo período de maio, a redução de óbitos por Covid-19 na capital foi de 51%, saiu de 131 para 64 óbitos”, disse.

Para a diretora, outro indicador importante, que está em constante monitoramento é o número de pacientes internados no Amazonas. “No período de 17 a 23 de maio ocorreram 386 internações, já no período de 24 a 30 de maio foram 238 internações, uma redução de 38%”, constatou. A diretora da FVS-AM destacou que o número é ainda maior em Manaus. “A redução na capital é de 52%. Na semana de 17 a 23 de maio foram 181 internações, de 24 a 30 de maio caiu para 87 internações”, completou.

A redução do número de óbitos e internações em pacientes com diagnóstico da Covid-19, associada à diminuição de casos agudos confirmados por meio do exame RT-PCR, bem como a ampliação da capacidade de resposta da rede de assistência de saúde na capital e no interior do Estado, são indicadores que contribuíram para a decisão de flexibilização gradual anunciada pelo Governo do Estado. Os indicadores continuam sendo monitorados pelo Comitê de Crise e vão indicar a possibilidade de avanço em cada ciclo de reabertura de atividades não essenciais.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio