Sexta, 27 de Novembro de 2020
92 99494-2851
Geral Geral

Amazonino diz, no programa eleitoral, que a eleição será entre quem tem experiência e quem não, entre o certo e o duvidoso

Amazonino pede, no programa, que o eleitor reflita sobre o atual momento da política amazonense, em que a realidade e a fantasia são propaladas por políticos aventureiros, que prometem, porém, não executam.

09/10/2020 12h39
Por: Redação1
Amazonino diz, no programa eleitoral, que a eleição será entre quem tem experiência e quem não, entre o certo e o duvidoso

No primeiro programa de Amazonino Mendes (PODEMOS) no horário eleitoral gratuito em rádio e TV, que iniciou nesta sexta-feira (09/10), o candidato deu o seu recado, dizendo que esta eleição será entre quem tem experiência e quem não tem, entre o certo e o duvidoso, entre quem entrega e quem não entrega o que vende.

No programa, ele fala da polarização do discurso político, que se acentuou a partir de 1990. Primeiro, entre dois partidos – PT e PSDB. Depois, entre duas correntes de pensamento – a velha e a nova política. E, mais recentemente, entre esquerda e direita. “O que sobrou desse período foi uma grande frustração com a política e os políticos. O político virou sinônimo de enganador, vendedor de ilusões”, disse ele, ao considerar que o eleitor, neste momento, quer alguém que, de fato, tenha capacidade e experiência para resolver os problemas da cidade.

Com tempo de 2 minutos e 7 segundos, Amazonino pede, no programa, que o eleitor reflita sobre o atual momento da política amazonense, em que a realidade e a fantasia são propaladas por políticos aventureiros, que prometem, porém, não executam.

Candidato a vice-prefeito pela coligação “Juntos Podemos Mais’, o deputado estadual Wilker Barreto, presidente do PODEMOS, também tem presença de destaque no programa da coligação. Ele ressalta a experiência de Amazonino Mendes e a capacidade que tem de realizar, de entregar o que promete. “São 40 anos entregando obras que mudaram a cidade de Manaus e o estado do Amazonas. Um administrador com comprovações históricas de realizações pelo estado do Amazonas e entrega em todas as áreas, como segurança, saúde, educação, infraestrutura, transporte, emprego, renda e, principalmente, assistência social, relacionou.

 Tempo de propaganda

“Negão” terá o tempo de 8 minutos 53 segundos, divididos em inserções de 30 segundos, diariamente, no rádio e na TV. Ao todo serão, 622 inserções até o dia 12 de novembro, último dia da propaganda eleitoral no primeiro turno.

Os horários de exibição dos programas da coligação são das 6h às 6h10 e das 11h às 11h10, no rádio. Os programas televisivos vão ao ar das 12h às 12h10, e das 19h30 às 19h40, horário Manaus.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.