Sexta, 07 de Agosto de 2020
92 99494-2851
Política Política

Governador sabia que os ventiladores pulmonares não serviam, diz Deputado do AM

Para o Deputado, não há dúvidas que o governador e o seu vice, João Paulo e Rodrigo Tobias, além da parte técnica da Susam, foram omissos e negligentes.

28/07/2020 16h19 Atualizada há 1 semana
Por: Redação1
Governador sabia que os ventiladores pulmonares não serviam, diz Deputado do AM

Na manhã desta terça-feira (28), o deputado Dermilson Chagas (Podemos) disse que ao comprar os ventiladores pulmonares para entubar os pacientes em estado grave pelo coronavírus no Hospital Nilton Lins, o Governo do Amazonas assumiu a responsabilidade de matar, pois os mesmos aparelhos foram considerados inapropriados para entubação.

Essa consideração foi feita pela própria ex-gerente de compras da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Alcineide Pinheiro, em depoimento à Polícia Federal, no dia 02 de abril deste ano. No trecho, ela diz ter informado verbalmente aos então secretários João Paulo e Rodrigo Tobias que os respiradores da empresa Sonoar não serviriam para entubar pacientes, e que ambos “abanaram a cabeça e disseram “vai ter que comprar, é de ordem”, que no entendimento dela, vinha do governador Wilson Lima (PSC).

Para Dermilson, não há dúvidas que o governador e o seu vice, João Paulo e Rodrigo Tobias, além da parte técnica da Susam, foram omissos e negligentes. “Esse depoimento é uma carta condenatória que informa que todos que estavam envolvidos na compra dos ventiladores, assumiram a responsabilidade de matar, por saberem que eram inadequados para utilizar nos pacientes em estado grave pela Covid-19, internados no hospital de campanha Nilton Lins”, disse.

Dermilson ainda diz que independente da operação da Polícia Federal, o Ministério Público do Estado (MPE), precisa aproveitar o depoimento de Alcineide e abrir uma investigação para saber se houve mortes de pacientes que foram entubados pelos ventiladores. “Não podemos fechar os olhos para essa chacina feita por este governo assassino e por essa quadrilha criminosa. Os fatos estão aí, essa é a hora dos órgãos de fiscalização cumprir com o seu papel perante as famílias injustiçadas que perderam seus entes queridos”, afirmou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio